Poinsétia – Estrela de Natal

Poinsétia – Estrela de Natal

Nesta altura do ano, as Euphorbia pulcherrima, mais conhecidas como “Estrelas de Natal” podem ser encontradas em todos os centros de jardinagem.

Ordem: Malpighiales
Família: Euphorbiaceae
Género: Euphorbia
Espécie: Euphorbia pulcherrima

Planta originária do México tem o seu nome comum – Poinsétia – em honra do primeiro embaixador dos E.U.A. no México, Joel Robert Poinsett. O nome científico – Euphorbia pulcherrima – significa “a mais bela das Euphorbias” e foi-lhe dado em 1833 pelo taxonomista alemão Klotzsch.

São plantas que gostam de condições especiais e não apreciam locais muito frios. Em algumas zonas do nosso país podem ser cultivadas no exterior o ano todo mas não devem ser colocadas na rua logo assim que são compradas (no Inverno). Devemos esperar até que as temperaturas mínimas aumentem e na Primavera colocamos a planta no exterior. Depois a habituação lenta e a passagem das estações vai ajudar à planta a sobreviver o próximo Inverno.
Deve ser plantada no chão ou num vaso com terra universal para plantas e nunca se deve deixar a terra secar totalmente. Por outro lado é muito importante não ensopar muito o substrato pois o excesso de água também pode matar a planta. A regra será regar só quando o substrato do topo do vaso começa a secar. Uma fertilização com um fertilizante rico em Potássio deverá ser feita mensalmente.

Estas plantas gostam de locais luminosos mas sem excesso de sol. A luz deverá ser filtrada. A ter sol, só o sol da manhã ou do final de tarde.

Para a planta repetir a coloração no Inverno seguinte deve ser podada, mantida num local fresco no Verão e no Outono a uma temperatura constante de 18ºC.

As Poinsétia podem atingir os 3m de altura e apesar de na natureza as cores das bracteas se tingirem de vermelho, foram já desenvolvidas outras variedades de cores diferentes: laranja, rosa, amarelo, malhado, marmoreado, etc.

Em Portugal são usualmente chamadas de “Estrelas de Natal”.

 

 

 

Positive SSL