Tillandsias

TILLANDSIAS

São várias centenas de espécies da família das Bromeliacea. São plantas originárias das Américas, desde o sul dos Estados Unidos até ao Brasil e Argentina. Crescem em árvores ou em rochas havendo poucas espécies que cresçam na terra. Alimentam-se absorvendo a húmidade do ar. São também conhecidas como plantas aéreas.

As temperaturas ideais para cultivar estas plantas variam entre os 10º e 32º C. Podem ser colocadas no exterior mas se as temperaturas descerem muito e se houverem geadas, deverão ser recolhidas para casa ou colocadas num local mais protegido e ameno.

Essas plantas cultivam-se agarradas (diz-se “montadas”) em troncos e devem ser borrifadas 3 a 4 veses por semana. O excesso de fertilizante pode queima-las logo aconselhamos o uso de um fertilizabte líquido díluido em metade da dose e aplicado uma ou duas vezes por mês.

Normalmente dividem-se em dois grupos, o grupo das Tillandsias verdes e das Tillandsias prateadas. As Tillandsias verdes crescem normalmente no solo ou nas árvores em locais sombrios em zonas de clima temperado e muito chuvoso. As Tillandsias prateadas (ou cinza) crescem em zonas mais áridas mas com elevada humidade atmosférica. Normalmente são encontradas nas partes mais altas das árvores e de rochedos, em zonas mais luminosas e até expostas ao sol.

Nas nossas casas podem ser cultivadas também montadas em troncos ou em placas de cortiça. São muito decorativas e apreciadas pelo facto de quase não terem raízes e poderem ser colocadas em vasos variados, taças, jarras de vidro, rochas e outros objectos fazendo bonitos arranjos.

Tillandsia ionantha

Tillandsia argentea

Tillandsia bayleyii

Tillandsia brachylocaulos